Dúvidas Frequentes

Perguntas Frecuentes - Resinas 3D Makertech Labs
Español

Em nosso site você encontra a calibração para a maioria das impressoras utilizadas no Brasil. Caso sua impressora não esteja na lista, baixe o arquivo "Calibrador" em nossa área de Downloads (clique aqui) e faça uma impressão com tempos de referência de uma impressora parecida. O calibrador possui duas peças e a peça menor deve encaixar com pressão no furo número 3 da peça maior. Caso as partes não encaixem no número 3, e encaixem nos furos 4 e 5, sinal que devemos diminuir o tempo de exposição das camadas. Caso as partes fiquem frouxas no número 3 e encaixem nos furos 1 e 2, sinal que devemos aumentar o tempo de exposição das camadas. Outros métodos de calibração podem ser adotados e algumas impressoras possuem método próprio de calibração. Caso tenha dificuldades em calibrar nossas resinas, entre em contato pelo nosso suporte pelo WhatsApp (15) 99116-0827. 

Isso depende da impressora 3D e da resina usada. Cada impressora possui uma potência diferente na fonte de luz UV e variam conforme seu tipo. Disponibilizamos em nosso site, a configuração das impressoras mais conhecidas no mercado atual. Caso não encontre seu equipamento ou ainda tenha dúvidas, entre em contato com nosso suporte, ficaremos felizes em atendê-los. Whatsapp (15) 99116-0827.
Sim, é necessário realizar a pós-cura do objeto impresso, após sua remoção da plataforma de impressão, lavagem em álcool isopropilico (ou solução adequada) e secagem.  Podem ser utilizadas a luz solar, "luz negra", LEDs UV ou câmaras UVs, que são bastante eficazes em terminar a cura do objeto em questão de minutos. O tempo de pós cura varia de acordo com a resina, e está presente no rótulo de cada uma.
Aumentar o tempo de exposição das primeiras 3 a 8 primeiras camadas, e posicionar a mesa/base da impressora bem encostada no fundo do tanque pode ajudar a evitar esse problema. O tempo de exposição das primeiras camadas (fixação) devem ser, em média, 10X maiores do que o tempo de exposição das camadas normais.
Em nosso site e catálogo online você encontrará todas as impressoras compatíveis. Se a sua impressora não estiver na lista, não significa que não funcione com nossas resinas, poderemos te ajudar a comprar a melhor opção e configurar em sua máquina pelo nosso suporte. Whatsapp (15) 99116-0827
Os pigmentos absorvedores de luz que utilizamos são mais eficazes do que os corantes, mas uma vez que estas são partículas sólidas, não dissolvidas, elas precisam ser homogeneizadas ao longo do tempo, pois irão para o fundo do frasco quando colocados em repouso e perderão sua eficácia.
Não é indicado, pois ao fazer isso, o pigmento irá decantar para o fundo do tanque e poderá prejudicar a impressão. Além disso, pode sofrer oxidação, envelhecimento precoce, endurecimento ou até mesmo vazar por algum orifício do tanque e danificar a impressora. O ideal é retornar a resina em um frasco separado, não misturando com a resina sem uso. Ao reutilizar, completar com a resina sem uso homogeneizando antes. Manter no tanque somente quando for por pequenos intervalos de tempos entre as impressões.
Resinas com maior viscosidade falham facilmente quando estiverem em regiões ou épocas frias. A resina deve trabalhar entre 25 e 38 graus celsius e para evitar os problemas de impressão em temperaturas baixas, antes de imprimir, podemos esquentar as resinas em banho maria ou aquecedores elétricos de ar.
Não existe um tempo exato para troca do FEP das impressoras, dependendo da manipulação do tanque, lavagem, espátula e resina utilizada. Realize a troca sempre que o FEP estiver opaco, arranhado, furado ou frouxo. O FEP deve sempre estar esticado como um tamborim e transparente como vidro para uma boa impressão.
Os suportes a serem colocados nos objetos de impressão dependem da resina e impressora utilizadas. Suportes com pontas finas em resinas menos resistentes tendem a soltar do objeto. Resinas flexíveis precisam de pontas maiores para não soltar dos objetos. Inclinações dos objetos podem ser necessárias para uma melhor impressão e evitar solturas dos suportes. Caso tenha problemas com suportes utilizando nossas resinas, entre em contato com nosso suporte pelo WhatsApp (15) 99116-0827 que iremos ajudá-lo.
A validade das nossas resinas é de 12 meses quando fechadas e 3 meses após abertas, dentro dos padrões corretos de armazenamento presentes em nossos rótulos.
Nenhuma das nossas resinas foram testadas para a segurança alimentar. Recomendamos NÃO usá-los em contato com alimentos ou onde eles podem ser ingeridos. Antes de usar, leia com atenção o rótulo.
As resinas devem ser manipuladas com o uso de EPIs. Devem ser usadas luvas e óculos de proteção para sua manipulação segura. Após a impressão, limpeza, secagem e pós cura, podem ser manipuladas normalmente. Para maiores informações de segurança, consulte as instruções de uso que podem ser encontradas em nosso site e no rótulo de cada resina PriZma 3D.
Os frascos não devem ser utilizados para outro fim que não sejam armazenamento das resinas Makertech Labs, e não deve ser reutilizado para nenhuma outra função. Não devem ser descartados no meio ambiente. Procure informações no seu município para descarte de químicos com segurança. Caso não consiga, envie o frasco para a sede da Makertech Labs para o descarte correto e/ou reciclagem. Devemos cuidar do nosso meio ambiente com consciência.
As Resinas PriZma 3D Bio, linha de biocompatíveis aprovadas pela ANVISA, possuem testes de toxicidade, dentre eles, Sensibilização Cutânea, Irritação da Mucosa Oral, Citotoxicidade, Reatividade Intracutânea em sua forma sólida, garantindo seu uso seguro em boca. Antes de usar, leia com atenção o rótulo para seu uso seguro.
O Polimento mecânico realizado para as Resinas PriZma Bio Prov e Splint é semelhante ao usados em resinas PMMA no laboratório de prótese. Na área de Downloads em nosso site você pode baixar um "Guia de polimento" para ajudá-lo no processo, ou clique no botão abaixo. Você também pode utilizar nossa Glaze UV PriZma Seal para um acabamento com mais brilho e resistência.
Não, as resinas 3D não são compatíveis com o PMMA convencional, pois não existe união química entre eles. Os provisórios impressos em 3D devem ser confeccionados sobre o escaneamento do preparo finalizado para evitar reembasamentos. Caso seja necessário reembasamento, mesmo que não indicado, deve-se realizar condicionamento ácido sobre a peça impressa, sistema adesivo e resina flow ou bisacrílica para o reembase. Lembrando que os preparos e dentes devem ser isolados com isolante ou vaselina para evitar acidentes.
Não, as resinas 3D não são compatíveis com o PMMA convencional, pois não existe união química entre eles. As placas miorrelaxantes devem ser confeccionadas sobre um escaneamento perfeito da arcada dentária e em impressoras de alto padrão e extremamente calibradas. Placas desadaptadas são normalmente causadas por impressoras mal calibradas ou de baixa qualidade e não podem ser reembasadas na boca com a resina líquida.
O excesso de cura pode deixar a Resina PriZma 3D Bio Splint amarelada. Para evitar esse problema, visto que as câmaras de cura do mercado diferem muito no quesito potência, deve-se realizar um teste de cura antes de confeccionar suas placas. Imprima um objeto pequeno e após lavagem e secagem, coloque na câmara de cura. Acompanhe de 3 em 3 minutos a pós cura, e quando notar que começou a ficar amarelada, quer dizer que passou do ponto. Reduza 3 minutos e este será o tempo correto para sua câmara de cura e Resina PriZma 3D Bio Splint.
Normalmente quando a resina está mais translúcida que o normal, os pigmentos sedimentaram e foram para o fundo do frasco. Para voltar ao normal, deverá colocar o frasco no misturador ou realizar a mistura manual agitando o frasco até que a resina volte ao normal. O tempo de agitação dependerá de quanto tempo essa resina ficou parada. Lembrando que as resinas têm validade de 3 meses após abertas.
Possuímos duas resinas para fundição e injeção, as Resinas PriZma 3D Castable I na cor laranja e Castabe II na cor verde. Para odontologia podemos indicar o uso de ambas. Elas irão funcionar em rampas lentas com revestimentos fosfatados de alta qualidade. Porém a Castable II também funcionará em rampas mais rápidas e choque térmico, por possuir alta carga de cera, menor expansão na queima e queima de resíduos. Caso tenham problema no processo de fundição, entre em contato com nosso suporte, pois temos um consultor especializado em fundições odontológicas para te ajudar. WhatsApp (15) 99116-0827
Resina PriZma 3D Castable Calcinável para impressão 3DResina PriZma 3D Castable II Calcinável para joalheria
Para fundições em Joalheria, indicamos somente a Resina PriZma 3D Castable II verde, por possuir alta carga de cera e funcionar com revestimentos usados em joalheria. Indicamos uma rampa de aquecimento lenta e os revestimentos ja testados são ResinCast, PastCast e ProtoCast. Caso tenham problema no processo de fundição, entre em contato com nosso suporte, pois temos um consultor especializado em fundições em joalheria para te ajudar. WhatsApp (15) 99116-0827.
Resina PriZma 3D Castable II Calcinável para joalheria
Porosidades e falhas na fundição e injeção, bem como quebra do anel, podem estar relacionadas com vários fatores como a indicação correta da resina Castable I ou Castable II, uso de revestimento indicado, proporção pó e líquidos corretos, temperaturas de patamar e rampas adequados para cada resina e revestimento, posição do anel no forno, elaboração correta das árvores e vários outros. Caso tenha problemas com nossas resinas no processo de fundição, entre em contato com nosso suporte pelo WhatsApp (15) 99116-0827 que ajudaremos a resolver seus problemas.
O PriZma Seal é um glaze desenvolvido exclusivamente para ser usado em resinas impressas em 3D, por isso a sua cura deve ser feita em câmaras de cura UV com comprimento de onda de 385 a 405 nm, podendo variar o tempo conforme a potência do equipamento em de 5 a 15 minutos. Fotopolimerizadores com luz azul ou branca não são indicados para a polimerização deste material.
A Indicação absoluta do PriZma Seal é o uso em Resinas impressas em 3D, pois possui compatibilidade química com esses produtos. Não indicamos o uso em outros materiais como acrílicos (PMMA) e resinas compostas indiretas, é possível que os materiais tenham problemas de adesão entre eles. WhatsApp (15) 99116-0827.


Caso não tenha localizado sua dúvida, entre em contato com o nossos especialistas via Whats App clicando no botão abaixo

WhatsApp Suporte Técnico Makertech Labs

Tecnologia:
Loja Mestre Plataforma de loja virtual